http://www3.ambiente.sp.gov.br/parque-rio-de-peixe

Sobre a Unidade de Conservação

A área delimitada como PE Rio do Peixe abrange quatro municípios que possuem o Rio do Peixe como limite territorial em comum, sendo eles: Outro verde, dracena, Presidente Venceslau, Piquerobi.

Criado pelo Decreto 47.095/2002, com área de 7.720 ha de aprevista ampliação à montante do rio. Rio de Planície com leito sinuoso e extensa área de várzea entremeadas de lagoas marginais permanentes ou temporárias;

Essas características são muito semelhantes ao tipo de ambiente que compõe o Pantanal, motivo pelo qual esse trecho do Rio do Peixe é comumente conhecido como: ‘Pantaninho Paulista’

A espécie bandeira é o Cervo-do-Pantanal (Blastocerus dichotomus) é um animal mamífero ruminante, da família dos cervídeos, que é encontrando em pântanos de alta vegetação, ocorrendo do sul do Peru e Brasil até o Uruguai.

São os maiores veados da América do Sul, chegando a medir a 2 metros de comprimento. Tais animais apresentam uma cor marrom-avermelhada, ponta do focinho e patas pretas e grande galhada ramificada. Também são conhecidos pelos nomes de açuçuapara, cervo, veado-galheiro, suaçuapara, suaçuetê, suaçupucu e suçuapara.

A avifauna do Parque é muito rica, existindo várias espécies ameaçadas de extinção. O destaque vai para a Anhuma, que cientificamente é muito pouco estudada.

VER TEXTO NA ÍNTEGRA