http://www3.ambiente.sp.gov.br/institutodebotanica

Núcleo de Pesquisa em Fisiologia e Bioquímica

Criado há mais de 50 anos, o Núcleo de Pesquisa em Fisiologia e Bioquímica tem tradição em estudos multidisciplinares que englobam diferentes áreas do conhecimento, como Fisiologia Vegetal, Bioquímica, Ecofisiologia e Biologia Molecular, visando compreender as respostas das plantas às alterações ambientais e caracterizar o potencial de compostos bioativos de nossa flora nativa.

Estudos realizados pelo grupo ao longo dos anos, com plantas nativas do Cerrado e da Mata Atlântica, revelaram a enorme diversidade estrutural, metabólica e funcional dos carboidratos e metabólitos secundários de sementes, plantas e microorganismos e demonstraram sua importância para adaptação e sobrevivência destes organismos. Ensaios bioquímicos e biológicos realizados em nosso laboratório indicam o grande potencial econômico e ecológico de compostos encontrados em plantas tropicais. Alguns metabólitos secundários identificados em extratos e óleos voláteis possuem atividade antimicrobiana e antioxidante e apresentam potencial para atuar no combate a doenças como câncer e Alzheimer.  Outros compostos, como os carboidratos estruturais e de reserva, tem se mostrado extremamente importantes nas adaptações das plantas aos estresses ambientais como o ataque de patógenos, seca, temperaturas extremas e aumento de gás carbônico atmosférico.

As pesquisas realizadas em nosso Núcleo estão inseridas nas linhas prioritárias de pesquisa estabelecidas pela Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, dentre as quais se destacam “Mudanças Climáticas”, “Sequestro de Carbono” e “Bioprospecção”. O grupo se destaca no país e no exterior pela contribuição ao conhecimento do metabolismo de carboidratos e do metabolismo secundário em espécies nativas de ambientes tropicais, pela formação de recursos humanos e pela divulgação dos resultados de pesquisa em periódicos de impacto internacional.

O Núcleo de Pesquisa em Fisiologia e Bioquímica conta atualmente com 09 pesquisadores doutores, 03 Pesquisadores Associados, 03 funcionários de apoio e diversos alunos de graduação e pós-graduação, atuando nos projetos de pesquisa em andamento.

As instalações do Núcleo de Fisiologia e Bioquímica consistem em um prédio principal, que abriga os Laboratórios de Bioquímica de Carboidratos e Biologia Molecular e um prédio anexo, que abriga os Laboratórios de Fitoquímica e Ecofisiologia. O Núcleo também conta com duas casas de vegetação e canteiros para o desenvolvimento dos cultivos experimentais. Os laboratórios possuem equipamentos de última geração, como cromatógrafos líquidos, cromatógrafo a gás acoplado a espectro de massas, termociclador para PCR em tempo real, entre outros.