http://www3.ambiente.sp.gov.br/institutodebotanica

Núcleo de Pesquisa em Ecologia

O Núcleo de Pesquisa em Ecologia (NPE) foi criado oficialmente em 07 de fevereiro de 1986, oriundo da antiga Seção de Reservas Biológicas. Neste período, os pesquisadores realizavam estudos sobre ciclagem de nutrientes em ecossistemas terrestres afetados por poluição aérea e sobre recuperação de áreas degradadas. A partir de 1990, iniciaram-se as pesquisas em biomonitoramento da poluição aérea. Em 2001, incorporou-se ao Núcleo a área de pesquisa em ecologia de ambientes aquáticos continentais (limnologia). Para tanto, pesquisadores, pessoal de apoio e estudantes engajados nesta área de pesquisa, além da infraestrutura laboratorial, foram transferidos para o NPE (então Seção de Ecologia).

Presentemente, o núcleo possui um corpo de pesquisadores altamente qualificado constituído por 10 doutores, incluindo um pesquisador associado. Vários desses colaboram em programas de pós-graduação do Instituto de Botânica e de universidades estaduais (USP e UNESP) e federais brasileiras (UFRJ, UFMG e UFF) como professores orientadores e/ou responsáveis por sete disciplinas. Além dessas, colaboram com cursos de pós-graduação no Chile e na Colômbia.

Os pesquisadores do NPE fazem parte de dois Grupos de Pesquisa certificados pelo CNPq: “Ecologia e Biodiversidade de Ecossistemas Aquáticos Continentais” e “Caracterização de Ambientes Terrestres Perturbados”.

A formação/aperfeiçoamento de recursos humanos é oferecida dentro das linhas de pesquisa abaixo descritas para estudantes de graduação (iniciação científica), recém graduados (aperfeiçoamento), estudantes de pós-graduação (mestrado e doutorado) e pós-doutorandos.

Para o desenvolvimento das atividades de pesquisa, ensino e extensão, o NPE conta com uma rede de laboratórios composta de 8 unidades (dois laboratórios de análises físicas e químicas, laboratório de análise instrumental, laboratório de microscopia, laboratório de limpeza de vidraria, casa de vegetação, laboratório experimental e almoxarifado), um centro de computação e uma sala para aulas e seminários.

 Linhas de Pesquisa

 1. Ecologia de Ecossistemas Terrestres

  • Biomonitoramento da Poluição Aérea
  • Ciclos Biogeoquímicos em Ecossistemas Terrestres
  • Ecologia química em ambiente antropizado
  • Efeito da dominância e superabundância de espécies nativas e invasoras na dinâmica e ecologia de ecossistemas naturais
  • Estrutura e Dinâmica de florestas tropicais
  • Respostas de Espécies Tropicais à Poluição Aérea

2. Ecologia de Ecossistemas Aquáticos Continentais

  • Biodiversidade de algas (fitoplâncton e perifíton)
  • Bioindicação
  • Limnologia e paleolimnologia de reservatórios – eutrofização, monitoramento ambiental, qualidade da água e modelo inferencial
  • Respostas de Espécies Tropicais à Poluição Aérea