http://www3.ambiente.sp.gov.br/e-e-bananal

Sobre a Estação

Histórico

A Estação Ecológica de Bananal de acordo com o Decreto nº 26.890 de 12/03/1987, está situada no município de Bananal nas coordenadas geográficas: Latitude 22º 15′ a 22º 37º S. Longitude 44º07′ a 44º22′ W, com 884 hectares totalmente regularizados.

Tem como objetivo inicial a proteção dos remanescentes de Mata Atlântica do Estado de São Paulo, Protege os ultimos remanescentes da Serra da Bocaina, o que confere alto grau de endemismo, servindo como área de pesquisa para diferentes profissionais da área de meio ambiente, alunos de graduação, pós-graduação e professores de diversas Universidades do País.

Sobre o Parque

A Estação Ecológica de Bananal localiza-se em uma região de relevo acentuado na Serra da Bocaina, que apresenta picos de até 2.132 metros. O clima da região pode ser caracterizado como subtropical úmido com três meses secos ao ano e precipitação média anual entre 1.250 e 1.500 mm.

A temperatura média anual varia entre 20º e 33ºC, Sendo que a temperatura média máxima absoluta varia de 36º a 38ºC e a média mínima absoluta em torno de 0º e 4ºC.

Sobre a Região

A região da Serra da Bocaina, principalmente a porção voltada para o Vale do Rio Paraíba sofreu processo de degradação bastante acentuado desde a época cafeeira, onde a cidade de Bananal representou um dos grandes centros produtores.

Posteriormente, a região foi explorada para a produção de carvão vegetal que abastecia siderúrgicas locais, como a Siderúrgica Barbará localizada no município de Barra Mansa -RJ.

Desde então, a região passa por processo de completo abandono e atualmente sofre, ainda que em pequena escala, com o turismo desordenado e a especulação imobiliária.